Silvânia e mais quatro cidades da região da Estrada de Ferro correm risco de ficar sem água

Silvânia, Bela Vista de Goiás, Pires do Rio, São Miguel do Passa Quatro e Vianópolis podem sofrer com o desabastecimento de água. Os municípios fazem parte de um relatório apresentando ao Ministério Público de Goiás e que apresenta uma lista com 67 cidades goianas que correm o risco de ficar sem água no período de estiagem.

O relatório foi um pedido feito em junho pelo Ministério Público de Goiás cobrando da Saneago transparência, de modo a permitir que a população possa saber com antencedência quando ficará sem água. O pedido partiu do coordenador do Centro Operacional do Meio Ambiente, promotor Delson Leone Júnior.

De acordo com a estatal, o relatório “apresenta, ao Ministério Público, as ações planejadas pela Saneago no sentido de reforçar o abastecimento público para atenuar os efeitos do período da estiagem”. A Saneago reforça que, no momento, não existe risco de desabastecimento em Goiás e que tem monitorado os mananciais e reservatórios que abastecem as cidades do interior e a capital.

Em 2017, os moradores de Silvânia sentiram os efeitos da estiagem com a falta de abastecimento de água em vários bairros. A mesma situação se repetiu em pelo menos mais 19 cidades de Goiás, incluindo Goiânia.

Fonte:  O Popular

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *