Acusado de crime de feminicídio ocorrido em Silvânia em 2016 vai a júri popular no dia 21

O Tribunal do Júri Popular da Comarca de Silvânia julga no dia 21 de maio Genilson Nunes da Silva pelo assassinato de Silvana Pereira Santos, na época com 26 anos de idade. O crime aconteceu no dia 20 de setembro de setembro de 2016, na Rua 4, no Setor Pedrinhas, onde Genilson e Silvana residiam em companhia dos filhos menores de idade.

O corpo de Silvana foi encontrado sem vida com marcas de perfuração.

Dias depois Genilson se apresentou à policia e confessou o crime. Ele ficou preso por algum tempo na Unidade Prisional de Silvânia, mas conseguiu o direito de responder pelo crime em liberdade.

Agora, na terça-feira, 21 de maio, Genilson Nunes da Silva, hoje com 37 anos, será julgado pelo Tribunal do Júri Popular da Comarca de Silvânia, presidido pela Juíza, Dra. Nathália Bueno Arantes.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *