Feminino: Brasil leva virada da Austrália

A seleção bem que tentou, mas acabou derrotada pelas australianas por 3 a 2, de virada. As brasileiras deixaram o gramado, do Estádio La Mosson, em Montpellier, lamentando a virada, quando vencia a partida por 2 a 1.

Uma delas, a artilheira do time, Cristiane, achou que faltou um pouco de concentração do time para manter o resultado primeira etapa. De acordo com ela, faltou fazer a bola rolar mais para esfriar o ânimo das australianas.

Marta, que foi substituída na virada para o segundo tempo, analisou que o time perdeu um pouco o foco para manter o mesmo padrão de jogadas do primeiro tempo, quando a equipe dominou as australianas.

Sobre a sua saída na metade da partida, a camisa 10 disse que isso já estava programado, pois vinha de várias semanas sem treinar, recuperando-se de uma lesão muscular na coxa esquerda.

Para o treinador Vadão, a seleção brasileira fez um bom primeiro tempo, quando pressionou bastante o time australiano, conseguindo marcar dois gols, mas que não conseguiu manter a mesma intensidade na segunda parte da partida.

Ele comentou a participação do árbitro de vídeo (VAR) no jogo, afirmando que o futebol hoje é muito veloz e a presença do VAR é importante para esclarecer os lances duvidosos. “O VAR só veio a somar”, disse, durante entrevista à imprensa ainda no estádio.

O treinador ressaltou que o importante agora é preparar o time para a partida contra a Itália, na última rodada da fase de grupo, a fim de garantir a passagem para a próxima fase da competição. ( Agência Brasil )

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *