Pai de santo suspeito de abusar sexualmente de 3 menores é preso em Goiânia

Foi preso preventivamente nesta sexta (5/7), em Goiânia, o pai de santo Oli Santos Costa da Silva, de 61 anos. Ele é suspeito de praticar abusos sexuais contra três adolescentes. Segundo a polícia, ele praticou violação mediante fraude com uma menor de 15, desde quando ela possuía 14 anos, de uma jovem de 19 anos, desde quando ela possuía 16 anos, além de importunar sexualmente uma menor de 17 anos.
À polícia, as vítimas contaram que Oli argumentava que a intenção era purificá-las espiritualmente. O religioso teria se aproveitado de momentos em que as vítimas estavam emocionalmente abaladas.
O inquérito deve ser finalizado nos próximos dias. O pai de santo também é investigado na Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam) por crimes de violência sexual. Até o momento, 14 mulheres já prestaram queixa contra ele e 11 inquéritos foram instaurados.

A Polícia Civil esclarece que o mandado de prisão é relativo ao crime praticado contra as menores. Os crimes contra as vítimas maiores está sob atribuição da Deam da Região Noroeste de Goiânia.

No início dos anos 2.000 Oli da Costa morou em Silvânia. Aqui ele comprava um espaço na Rádio Rio Vermelho para apresentação de um programa de músicas gaúchas que era levado ao ar aos sábados de 16:00 às 19:00 horas. Também lecionou no Ginásio Anchieta e teve uma loja de perfumes na Avenida Dom Bosco. Oli da Costa também ajudou a fundar o Centro de Tradições Gaúchas (CTG)
( Com informações da A Redação )

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *