Justiça decreta intervenção na Associação de Universitários de Silvânia

A juíza da Comarca de Silvânia, Dra. Nathália Arantes Bueno da Costa, determinou o afastamento de toda a diretoria da Associação dos Universitários de Silvânia (AUSIL) e nomeou um interventor. A decisão foi tomada após denúncias de irregularidades na administração da associação serem apresentadas ao Ministério Público.

A Medida Cautelar de Afastamento foi cumprida na manhã desta sexta-feira, 08, pelo delegado de Polícia Civil, Dr. Leonardo Barbosa e agentes da PC, que estiveram na sede da AUSIL para notificar a presidente Mariane Ribeiro do Carmo e toda a diretoria de seu afastamento imediato.

Na ação, foram recolhidos documentos e boletos que serão usados na investigação iniciada pela Polícia Civil.

Em entrevista ao Giro da Notícia, o delegado de Silvânia explicou que a Polícia Civil instaurou inquérito para apurar as denúncias de irregularidades apresentados ao MP, principalmente na prestação de contas da AUSIL. Dr. Leonardo disse é preciso acesso amplo às contas da associação e por isso foi determinado o afastamento de toda a diretoria.

O delegado destacou que ainda é cedo afirmar que a AUSIL foi alvo de corrupção ou foi cometido algum tipo de crime enquanto as investigações não forem finalizadas.

Na Medida Cautelar de Afastamento assinada pela juíza de Silvânia, foi nomeado como interventor Cáster Júnior Faria dos Santos. A intervenção na AUSIL é por tempo indeterminado.  ( Fonte: Rio Vermelho FM )

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *