Agrodefesa orienta produtores de queijos artesanais em São Miguel do Passa Quatro

Em reunião realizada nesta terça-feira, dia 7, na Câmara Municipal de São Miguel do Passa Quatro, dirigentes da Agência Goiana de Defesa Agropecuária (Agrodefesa) orientaram produtores rurais para a produção e comercialização de queijos artesanais, conforme previsto na Instrução Normativa nº 6/2019 da Agência. O encontro reuniu cerca de 25 produtores com vocação para a produção de queijos artesanais, inclusive integrantes da Associação de Pequenos Produtores do Município.

Orientações técnicas

O gerente de Inspeção da Agrodefesa, Paulo Roberto Lucas Viana Filho, discorreu sobre a Instrução Normativa, que alinha todos os procedimentos necessários para a produção de queijos artesanais, incluindo o registro da atividade na Agrodefesa. Ele também abordou aspectos como a importância da fabricação de produtos de qualidade, que receberão classificação do Selo Arte, e poderão ser comercializados para todo o território nacional. Conforme disse, os produtores têm a oportunidade de se manterem em suas propriedades, agregar valor aos produtos e contribuir para o desenvolvimento econômico do Estado. Ao longo do encontro, Paulo Viana respondeu a vários questionamentos e esclareceu dúvidas dos participantes.

O diretor de Defesa Agropecuária da Agrodefesa, Sérgio Paulo Coelho, disse que a Agência tem todo interesse em orientar e colaborar com os produtores rurais que estejam interessados na produção de queijos artesanais. Ele enfatizou que a Agência está aberta a todos, disposta a oferecer as orientações necessárias, acolher os pedidos de registro e fomentar o processamento de produtos de qualidade. Na reunião de São Miguel, esteve presente também a veterinária Coraci de Paula, fiscal estadual agropecuária da Agrodefesa.

A regulamentação sobre a produção e comercialização de queijos artesanais é resultante de debates, avaliações, estudos e propostas da Agrodefesa, da Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, da Emater-Goiás, do Ministério da Agricultura e de entidades representativas do setor lácteo. A Instrução Normativa nº 6/2019 está disponível no site da Agrodefesa, no link https://sidago.agrodefesa.go.gov.br/site/adicionaisproprios/protocolo/arquivos/820178.pdf

(Fonte: Portal Goiás )

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *