Ação do MP cobra eficiência da coleta de resíduos na zona rural de Silvânia

O prefeito de Silvânia, José da Silva Faleiro, foi acionado pelo promotor de Justiça Carlos Luiz Wolff de Pina por não realizar a coleta de resíduos na zona rural no município de forma planejada, considerando que não há cronograma para execução do serviço, que, inclusive, não abrange a totalidade dos povoados.

Apesar de a administração ter informado a instalação de contêineres no Povoado Cruzeiro do Bom Jardim, na saída para o povoado da região do João de Deus e outro na saída para a Gameleira de Goiás, esse serviço, conforme constatado pelo promotor, é incipiente e precário, não dispondo o município de uma política pública de coleta de resíduos sólidos na zona rural.

Desta forma, foi requerido que o município execute adequadamente o serviço de coleta de resíduos sólidos domésticos na zona rural, estabelecendo cronograma de ação, com número adequado de gaiolas ou contêineres, itinerário e horário da coleta, conscientização ambiental por meio de palestras, compostagem ou reciclagem.

* Fonte: Portal do Ministério Público 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *