Acusado de matar adolescente já está no presídio de Silvânia

William Vítor Pinto, acusado de matar a tiros na noite da última sexta-feira em Silvânia o adolescente Fredson Claiton Izidio, de 15 anos, já está preso na Unidade Prisional de Silvânia. Ele se apresentou na tarde desta segunda-feira, 23, na Delegacia Estadual de Homicídios, em Goiânia e após fazer exames no Instituto Médico Legal (IML) foi trazido pela Policia para Silvânia.

William Vítor Pinto chegou a Silvânia por volta de 22:00 horas desta segunda-feira. Um grupo de pessoas estava na Praça Celso Silva, em frente à Unidade Prisional para protestar e pedir por justiça. Quando as viaturas com o preso se aproximaram do presídio a manifestantes gritaram “assassino”, e “queremos justiça”. Um forte esquema de segurança foi montado pela policia de Silvânia para evitar incidentes.

Segundo o Delegado de Polícia de Silvânia, Dr. Leonardo Barbosa Sanches, a justiça expediu mandado de prisão preventiva contra William. Nesta terça-feira, 24, o delegado de policia deverá tomar seu depoimento.

O CRIME

Fredson Claiton Izídio, de 15 anos, morreu ao ser atingido por disparos de armas de fogo. O crime aconteceu por volta das 23 horas em frente ao Bar do Marola, no Bairro das Pedrinhas. Segundo testemunhas, William estava sob efeito de álcool e havia discutido com outra pessoa momentos antes, por causa de bebidas.

Fredson e um grupo de amigos passaram pelo local minutos após a discussão quando foram abordados por William que disparou contra o grupo.

Ele faz parte da Guarda Municipal de Goiânia e estava armado com uma pistola.

2 comentários em “Acusado de matar adolescente já está no presídio de Silvânia

  • 24 de novembro de 2020 em 10:16
    Permalink

    Legítima defesa contra menores infratores da lei.banderneiros da cidade pixadores de muro.

    Resposta
    • 25 de novembro de 2020 em 00:51
      Permalink

      Certamente há mais coisas a serem esclarecidas… não é justificável, mas certamente não foi algo tão banal como a mídia esta expondo.

      Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *