Advogados assassinados a tiros em Goiânia

A Ordem dos  Advogados do Brasil – Seção Goiás (OAB-GO) acompanha de perto o duplo homicídio que vitimou os advogados Marcus Aprigio Chaves, filho do desembargador Leobino Chaves e irmão do juiz Leonardo Aprigio, e Frank Alessandro Carvalhaes de Assis. O crime foi na tarde desta quarta-feira (28/10) no escritório onde as vítimas trabalhavam, no Setor Aeroporto, em Goiânia.

Segundo David Soares da Costa Júnior, que esteve no local do duplo-homicídio, a Ordem está em busca de informações para saber se o crime tem ligação com o exercídio da profissão das vítimas. “Se for, entendemos com um ataque também à sociedade. Por isso é muito importante que a OAB prossiga exigindo a rápida elucidação do caso”, disse.
Ainda de acordo com o representante da seccional, as vítimas eram advogados conhecidos e muito queridos no meio. “Vamos cobrar uma justa investigação”, reafirmou.  ( A Redação  – Foto: Redes Sociais)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *