Covid-19 mata José Paulo de Andrade, o homem do Pulo do Gato

O radialista e jornalista José Paulo de Andrade morreu na madrugada desta sexta-feira em  São Paulo vítima da Covid-19.  Aos 78 anos ele foi internado no dia 7 de julho no Hospital Albert Einstein após ser diagnosticado com a doença.

Para quem trabalha e gosta de rádio,  José Paulo de Andrade era um ícone. uma referência. A começar pelo nome de seu programa, levado ao ar pela Rádio Bandeirantes de São Paulo há quase 50 anos: O PULO DO GATO.  Um nome inusitado, diferente e que criou uma identidade nas manhãs radiofônicas na Capital paulista. Levado ao ar de 05:30 às 07:00 horas O Pulo do Gato estreou em 1973, no auge da ditadura militar e foi um dos primeiros programa do rádio brasileiro a abrir literalmente os microfones para o ouvinte de manifestar.

Quase 50 anos no ar, com o mesmo programa, no mesmo horário e na mesma emissora. José Paulo de Andrade, o homem do Pulo do Gato, deixa história e admiradores.

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *