Íris anuncia fim de sua carreira como politico

O prefeito de Goiânia, Iris Rezende (MDB), está se aposentando da política e, por isso, não será candidato à reeleição. O anúncio foi feito pelo próprio emedebista na manhã desta terça-feira (25/8), durante pronunciamento transmitido ao vivo pelas redes sociais. Conforme frisou, as decisões foram “amplamente amadurecidas e tomadas de maneira consciente”. Portanto, disse, são irredutíveis e definitivas.
Ao lado de auxiliares de governo, vereadores e lideranças políticas, que se reuniram no hotel AlphaPark, Iris garantiu: “Aqui estou para, de maneira oficial, comunicar que não serei candidato à reeleição da Prefeitura de Goiânia no pleito que se aproxima. Encerro neste momento minha carreira política construída ao longo de mais de seis décadas”.
O decano emedebista confessou ter ficado sensibilizado com as “inúmeras manifestações de apoio”, mas tornou a garantir que encerrará as atividades públicas no dia 1º de janeiro de 2021, com a transmissão do cargo de prefeito ao vencedor das próximas eleições. Justificou, ainda, que decidiu anunciar sua decisão com certa antecedência para que os pré-candidatos se organizem.
Antes de confirmar que está fora das eleições 2020, Iris fez um balanço de ações da prefeitura. Começou lamentando a morte de goianos e brasileiros vítimas da covid-19, e detalhou os passos da gestão municipal diante da pandemia, como a criação de 465 leitos. “Em Goiânia nenhum paciente vítima da covid-19 ficou sem atendimento necessário”, disse.
O prefeito mencionou as iniciativas adotadas por outras pastas, como a Educação, e as obras que continuam em andamento, como é o caso do BRT e do viaduto da Avenida Leste Oeste.  “A despeito de ser um ano totalmente atípico, nossa capacidade de enfrentamento e gestão da crise, bem como perspectivas futuras, outra vez inspiram a população de Goiânia”, salientou.
Histórico
O decano emedebista já afirmava desde o ano passado, em entrevistas, que estaria fora do jogo político. À época, ele confirmou que sua carreira terminaria no final de 2020, com a conclusão do atual mandato de prefeito da capital.
De lá pra cá, em repetidas vezes Iris afirmou que se candidatou em 2016 para “consertar a administração municipal”, e que esta seria sua última gestão.
Antes do pronunciamento, um grupo formado por 24 vereadores se dirigiu até o Paço Municipal na tentativa de fazer o prefeito anunciar sua candidatura à reeleição. Apesar da comoção que o movimento causou, Iris manteve firme a decisão de confirmar sua aposentadoria política.  ( A Redação )

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *