Novo decreto da Prefeitura de Leopoldo de Bulhões fecha academias e suspende todas as concentrações religiosas

A Prefeitura de Leopoldo de Bulhões publicou nesta quarta-feira um novo decreto com medidas de enfrentamento à pandemia do novo coronavírus no município. O prefeito Alécio Mendes decidiu por novo decreto após o número de casos com resultado positivo para a doença subir para sete.

O documento traz duas novidades com relação ao anterior: suspende as atividades nas academias e nos tempos religiosos que não poderão realizar missas, cultos ou reuniões,

O decreto proíbe funcionamento (exceto em sistema de delivery) de bares, lanchonetes e similares tanto  às margens de rodovias quanto no perímetro urbano, restaurantes no perímetro urbanos fecham e às margens de rodovias podem funcionar com capacidade reduzida e espaçamento entre as mesas , multas para que não usar máscara ou promover festas (mesmo que em ambiente familiares/reservados), proibição de consumo de produtos em logradouros públicos e a possibilidade de cassação do alvará de funcionamento de estabelecimentos comerciais ou de prestação de serviço que não cumprirem as novas determinações. Estão suspensas também todas as atividades às margens do Lago Municipal de Leopoldo de Bulhões.

O decreto publicado hoje afirma em uma de suas justificativas: ” considerando o agravamento sistemático da situação com a confirmação de dezenas de casos positivos e centenas de casos suspeitos e em análise com previsão eminente de agravamento dos casos de coronavírus e contaminação de grande parte da população de Leopoldo de Bulhões.”  Esta parte do texto esta em negrito e grifada.

O município tem nove casos do coronavírus, sendo que dois já foram curados.

(Com a colaboração de Aurisney Funchal. da Rádio Visão FM, de Leopoldo de Bulhões )

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *