Rodney Miranda volta à Secretaria de Segurança Pública de Goiás

A Polícia Civil apresentou, na manhã desta quinta-feira (25/6), a conclusão do inquérito que apurou as acusações feitas ao secretário de Segurança Pública, Rodney Miranda.

Segundo o delegado-geral, Odair José, não foi encontrado nenhum indício de crime. “Foi consenso entre os três delegados envolvidos de não haver elementos indicativos, de peculato ou interceptação”, disse. Desta forma, Rodney será reintegrado ao governo.

O secretário havia pedido afastamento do cargo no último dia 8 de junho, depois que o primo do governador, Jorge Caiado, o acusou de grampear ligações telefônicas de aliados do governo. Em um áudio que circula na internet, Jorge Caiado também o acusa de desviar verba do Corpo de Bombeiros.

“Fiquei incomodado com essas informações inverídicas, mas absolutamente tranquilo”, disse Rodney sobre a conclusão do inquérito. “Estou feliz com encerramento dessa etapa triste”, completou.

Em discurso, o governador Ronaldo Caiado sinalizou que seu governo é e será norteado pela transparência. “Homem público tem que estar sempre à disposição para colocar sua vida para ser vasculhada, se assim quiserem dizer, em relação a qualquer denúncia.”

O governador disse que seu primo, Jorge Caiado, cometeu excessos – em relação às acusações feitas – e que, com a conclusão do inquérito policial que inocenta Rodney, o “assunto está encerrado”.

( A Redação )

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *