Silvânia: acusado de matar menor confessa crime

Em depoimento ao Delegado de Polícia na manhã desta terça-feira, 24, William Vitor Pinto, confessou ter sido o autor dos disparos que tiraram a vida do adolescente de 15 anos, Fredson Claiton Izídio, em crime ocorrido na noite da última sexta-feira, 20, no Bairro das Pedrinhas. em Silvânia.

No interrogatório William disse que não conhecia o adolescente e não teve nenhum tipo de contato com Fredson e nem com os outros jovens que o acompanhavam na hora do crime.

Em entrevista ao repórter Paulo Renner, da Rio Vermelho FM, Dr. Leonardo Barbosa Sanches, delegado de polícia, disse que ao confessar a autoria do crime, o Guarda Civil Metropolitano de Goiânia, afirmou que estava embriagado no momento do homicídio e não se lembra de detalhes e nem da motivação para o ato. Segundo o delegado ele disse que após o homicídio viajou para Goiânia onde permaneceu até se entregar à policia civil do Estado de Goiás.

O advogado de defesa de William, Franklin Pinheiro, confirmou que seu cliente estava embriagado e que estava defendendo sua arma, uma vez que ficou ” desconfiado ” que os adolescentes pudessem lhe tirá-la

Franklin Pinheiro disse em entrevista ao Giro da Noticia, da Rio Vermelho FM, que vai entrar com pedido de revogação da prisão preventiva de William “uma vez que ele é guarda municipal em Goiânia e não pode ficar encarcerado junto com demais presos”. O advogado disse que tentará junto a justiça que ele responda  pelo crime em liberdade visto que “tem residência e trabalho fixos e dependentes”.

A família de Fredson Claiton Izídio contratou o advogado Luciano Noleto para acompanhar o processo, como assistente de acusação. Segundo ele a família quer acompanhar todos os passos do processo até o julgamento final.

TRANSFERÊNCIA

William Vítor Pinto está preso na Unidade Prisional de Silvânia mas poderá ser transferido para uma delegacia especializada em Goiânia nos próximos dias sob a alegação de garantia de sua integridade física.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *