Toffoli é afastado com suspeita de covid-19

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, foi hospitalizado no sábado, 23, para drenagem de um pequeno abscesso. A informação é do secretário de Saúde do STF, Marco Polo Dias Freitas, que, em nota, afirmou que a cirurgia transcorreu bem, mas que o ministro “apresentou sinais respiratórios que sugeriram infecção pelo novo coronavírus”. 

Por essa razão, Toffoli permaneceu internado para monitorar o quadro. “No momento, o ministro está bem e respira normalmente, sem ajuda de aparelhos”, diz a nota.

O secretário informa ainda que, na última quarta-feira, o presidente do STF foi submetido a um teste para a covid-19 e que o resultado foi negativo. O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, entrará de licença por pelo menos sete dias após apresentar sintomas de Covid-19.
O ministro precisou passar por uma cirurgia para retirada de um abscesso no sábado, 23, e continuará internado para monitoramento enquanto aguarda resultado do teste. Na última quarta-feira, 20, Toffoli já havia sido testado e apresentou resultado negativo.
O ministro Luiz Fux assume interinamente a presidência da Corte enquanto Toffoli estiver afastado. Leia abaixo a íntegra da nota da Secretaria de Saúde do Supremo divulgada neste domingo, 24. O Senhor Ministro Dias Toffoli foi hospitalizado no sábado, 23, para drenagem de um pequeno abscesso.
A cirurgia transcorreu bem e na noite do mesmo dia, o Ministro apresentou sinais respiratórios que sugeriram infecção pelo novo coronavírus, devendo permanecer internado para monitorização. No momento, o Ministro está bem e respira normalmente, sem ajuda de aparelhos. Na última quarta-feira, 20, o Ministro foi submetido a teste diagnóstico para o novo coronavírus, que foi negativo. Marco Polo Dias Freitas Secretário de Saúde do Supremo Tribunal Federal

(Agência Estado)

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *